Leia

 

 

 

 

 

- Apocalipse ou Utopia 2020

         O Irmão Marcial Mastemprano fala em cadeia de rádio, tevê e redes sociais que a situação está sob controle e a intervenção das Forças da Ordem assegurada.

“Diante da grave situação pelo qual passava o país, as Forças da Ordem foram chamadas pela população e houve a ação com intuito de preservar os valores ameaçados pela desagregação moral.”

         A corrupção desenfreada se juntara ao relaxamento na fiscalização dos costumes e o resultado foi a “ruptura do tecido social”.  Assim a imprensa e parte da sociedade se referiam à realidade do país.  Instituições políticas sem liderança e a família se degradando pela permissividade projetavam um futuro sombrio.  O povo foi às ruas exigir uma pronta ação contra os inimigos da nação.

 

Técnica: Plano geral nas ruas ocupadas por protestos.

Repórter: Com palavras de ordem, os manifestantes pedem que as Forças da Ordem detenham o avanço da anarquia.

Técnica: corta para uma manifestante

Clara Maria, pequena empresária: Conto os dias para que botem essa cambada na cadeia e joguem a chave da cela fora!!

Cassiano Meirelles, engenheiro: Tem de pegar essa cambada toda e jogar no fundo do mar.

Técnica: Câmara fecha no repórter

Repórter: Agora, um grupo a favor da intervenção carrega um boneco com um cartaz: “Inimigo” que é chicoteado.  Em palavras de ordem, os manifestantes gritam que, no Tempo da Escravidão, havia mais respeito.  Dafne Catalunha para O Planeta Cotidiano.

Técnica: encerramento

 

         Tropas cercam o Congresso, universidades ou instituições que se posicionaram contra o golpe. “O Planeta Cotidiano” é fechado pelos interventores sob acusação de conspirar contra valores morais e promover a dissolução de costumes.  Nas ruas, milícias armadas reprimem protestos contra a intervenção.

           Há fuga pelas fronteiras e pedidos de asilo em países que não aderiram ao discurso fundamentalista.  A liberdade de opinião está proibida e manifestações artísticas precisam do “Atestado de Pureza” expedido pelo governo provisório que não acenou com nenhum prazo para futuras eleições.

         Irmão Marcial Mastemprano é aclamado nas vias públicas e nos lares onde partidários do líder garantem que um tempo imaculado começou preparando o país para o Juízo Final.  Alguns garantem que está em formação uma nova humanidade.